... até que meus pensamentos não cabiam mais em mim e não pude suporta-los, então divido e mantenho minha sanidade!



domingo, 18 de março de 2012

começando...

oi, boa noite! acho que vou escrever um pouco sobre mim pra começar...
      sou uma 'jovem senhora' de 37 anos, tenho marido e um casal de filhos que são minha alegria e bênção, uma família como tantas e com todos os problemas do cotidiano. não preciso dizer que tenho jornada dupla (ou tripla, quádrupla...) e que sobram trabalho e correria o tempo todo, mas consigo tirar tempo pra ler um bom livro, ver um filme e fazer as refeições em família (o que considero importantíssimo e mesmo fundamental!). descendo de imigrantes italianos e sou gaucha, mas moro em Santa Catarina fazem 13 anos, longe de minha mãe e irmãos que amo e sinto muita falta... só consigo ve-los uma ou duas vezes ao ano porque são 600km de distância. já deu pra perceber que essa coisa de FAMÍLIA é muito importante pra mim né?! hoje em dia isso não é muito comum.
      bom, iniciei este blog principalmente porque sempre tive vontade de escrever (e escrevi diários por muito tempo até), mas também porque vi a necessidade - no meu dia-a-dia de mãe e amiga - de expressar minhas idéias um tanto 'diferentes' ou excêntricas a respeito de mundo, religião, relacionamento, amizade, amor, casamento, espiritualidade, vida, morte, etc. etc. etc... mas, porque considero minhas próprias idéias assim? explico: porque sempre surpreendem quando as exponho, elas chocam ou, pelo menos, intimidam meus interlocutores, sejam eles amigos, conhecidos, parentes, vizinhos, minha filha ...!
      então é isso, já dei uma pista do que estarei escrevendo aqui por enquanto, no futuro talvez escreva algumas crônicas ou poemas, quem sabe histórias? vamos ver por onde minha mente inquieta irá me guiar. por hora é o suficiente e prometo atualizar este regularmente.
fui! boa noite.

P.S. peço que comentem, critiquem e solicitem assuntos para novas postagens. obrigada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário